Serviço de Reabilitação Auditiva

O Serviço de atenção à saúde auditiva da ADEFAL envolve o cuidado com a saúde incluindo as ações e serviços de promoção, prevenção, reabilitação e tratamento de doenças de forma integrada com todas os níveis de atenção. Os serviços estão em conformidade com as portarias do Ministério da saúde e seus instrutivos que regulamentavam: os procedimentos, as equipes profissionais, a estrutura física e equipamentos necessários para garantia de um atendimento de qualidade. Os serviços são considerados “porta aberta”, devendo atender as demandas espontâneas. A reabilitação auditiva tem como objetivo principal oferecer assistência especializada às pessoas com doenças otológicas, em especial com deficiência auditiva, no âmbito da prevenção, triagem e monitoramento, habilitações e reabilitações necessárias.

OBJETIVOS:

Geral:

Oferecer assistência especializada às pessoas com doenças otológicas, em especial, com deficiência auditiva, no âmbito da prevenção, triagem e monitoramento, habilitações e reabilitações necessárias.

Específicos:

Realizar atendimento de Otorrinolaringologia, Fonoaudiólogia, Serviço Social, Psicologia;

Possibilitar avaliação de Pediatra, Neuropediatria, Neurologista e Psiquiatra, para contribuir com diagnósticos específicos;

Realizar os procedimentos de Consultas, exames Audiologicos, Terapias Fonoaudiológicas, Testes Psicológicos, Terapias Psicológicas e Acompanhamento Psicológico as Famílias, Acompanhamento Social aos Usuários e as Famílias, Seleção, Concessão e Adaptação de Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI), Acompanhamentos Periódicos e Reavaliações; Confecção de Molde para aparelho auditivo;

Realizar ações externas para Prevenção e Promoção de Saúde Auditiva;

Realizar triagens auditivas neonatais universais;

Realizar triagens escolares e a população em geral;

Articular com outros serviços para contra referência;

Acolher e orientar as famílias para que possam lidar com a deficiência;

Dar suporte técnico as equipes que atuam na área de saúde auditiva;

Promover capacitações para os profissionais da atenção básica;

Detectar as perdas auditivas induzidas por ruídos (PAIR), relacionada ao trabalho, para os devidos encaminhamentos; 

Articular para a inclusão e o acesso aos serviços e direitos;

Formar grupos de apoio a pessoas com deficiência auditiva e familiares;

Realizar pesquisas e levantamentos de dados na área da saúde auditiva;

Promover ações de integração.

DA ATENÇÃO À SAUDE AUDITIVA

O TRABALHO EM EQUIPE:

No trabalho em equipe cada profissional mantém as atribuições específicas de cada atuação, mas a responsabilidade se dá de forma compartilhada desde o conhecimento do usuário e de suas demandas até a proposta e realização do tratamento, contando com a participação do próprio usuário. Assim, devem ser evitados os atendimentos fragmentados e individualizados. A avaliação compartilhada sobre as condições dos usuários acorda: procedimentos e prospectivas. A ação interdisciplinar deve ser desenvolvida a partir das necessidades de cada usuário através da análise da funcionalidade, abrangendo todas as funções do corpo, atividades e participação, numa interação das condições de saúde, ambientais e pessoais.

 

Atendimento via Whatsapp